Yuri Alves

yuriConheça o Yuri!

Em 2002, ganhou diversos campeonatos pequenos em Atibaia, Itú e Caraguatatuba e em 2003 entrou na categoria Novatos do Campeonato Paulista, o qual foi importante para avaliar a sua capacidade dentro do esporte. Das 11 etapas, participou apenas de sete e terminou o campeonato em 6º lugar. Neste mesmo ano, participou pela 1ª vez das 500 milhas da Granja Viana.

Em 2004, já como Graduado B e correndo pela fábrica de chassis Mini, participou de algumas etapas do Campeonato Paulista Light, com intuito de treinar para o Campeonato Brasileiro que seria em Aldeia da Serra. Dos 43 pilotos inscritos, terminou o campeonato na 11º colocação. Por causa dos altos custos, resolveu com a ajuda da família, comprar todo o equipamento e maquinário necessário e contratar dois mecânicos que lhe dessem assistência nas pistas.

Em 2005, fez o Campeonato Brasileiro de Ipatinga na categoria Graduado B, e terminou em 6º lugar. Participou também de algumas etapas do Paulista Light na categoria Sprinter A. Foi convidado a participar em 2004 e 2005 das 500 milhas da Granja Viana por uma equipe patrocinada pela Mahogany e em 2005 conquistou o 3º lugar na categoria motores alugados. Foi nesse momento que começaram a procurar os serviços de assistência de sua equipe e ele resolveu oficializar a equipe com o nome CKS – Carioca Kart Sport, na qual se dedica ao máximo naquilo que se propôs a fazer, que é o acerto de chassis. Já em 2017, o nome da equipe passa a ser CKS Racing Team.

A equipe passou a participar todos os anos das 500 milhas da Granja Viana.

Em 2006, participou do 2º Festival Brasileiro de RD 135 e com um motor emprestado, fez a pole e a melhor volta, terminando em 3º lugar. Correu o Troféu Brasil em Itú terminando em 3º lugar, e sempre participando de algumas etapas do Paulista Light na categoria Sprinter A.

Em 2007, foi campeão do 3º Festival Brasileiro de RD 135 em Campinas e campeão invicto do Torneio Dolly Guaraná na categoria Sport 400 na Granja Viana.

Em 2008, participou da Copa São Paulo de Kart Granja Viana na categoria Stock 125, dividindo o grid de largada com Felipe Giaffone, Thiago Camilo e Marcos Gomes.

Outro caminho, mesma realização

Diferente das maiorias dos colegas, a opção de Yuri Alves, é pelo automobilismo nacional. Ele já correu contra muitos pilotos que estão nas categorias de base para a Fórmula 1, como, Sergio Jimenez, Rafael Suzuki e Henrique Lambert, mas na hora de decidir seu futuro, escolheu outro caminho. Enquanto alguns dos adversários investem na carreira internacional, sonhando com a Fórmula 1, ele mantém os pés no chão e optou por ficar aqui mesmo, onde o profissionalismo parece mais próximo de ser alcançado.

Uma série de fatores influenciou nesta decisão. O principal deles foi o crescimento de categorias como Stock Car e Fórmula Truck nos últimos cinco anos. Tanto que, se tornou comum ver pilotos fazendo o caminho inverso, como Luciano Burti, Enrique Bernoldi, Ricardo Zonta, que vieram da Fórmula 1. Nomes que reforçam a idéias de fazer carreira na categoria. O que transmite confiança ao Yuri para querer fazer parte desse seleto grupo, é o seu próprio histórico. No kart, ganhou e vem ganhando cada vez mais destaque, não só pela velocidade, mas também pela sua concentração e constância nos tempos. Aquela que fica em evidência quando o piloto entra na pista com estratégia, determinação e garra. Com muita dedicação, montou uma equipe promissora, que vem ganhando reconhecimento a cada dia que passa e a cada corrida. Não por acaso, Yuri, que participa da Copa São Paulo de Kart Granja Viana na categoria stock 125, e mais quatro pilotos assessorados por ele e sua equipe, entraram no play off. Todos com reais condições de vitória.

Fala, Yuri

Quando me sentei num kart pela primeira vez, aos 15 anos, senti que naquele momento começava uma jornada de muita luta e perseverança, mas que, se eu desse tudo de mim, conseguiria concretizar o meu sonho de me tornar piloto profissional.

Desde então não saí mais das pistas, afinal, viver do esporte requer profissionalismo e dedicação, e dali em diante, eu tive a certeza de que deveria triplicar os meus esforços e suportar uma boa carga de responsabilidade; mas nada disso me assustou.

Com o suporte de amigos e pequenos empresários que acreditaram e acreditam até hoje no meu talento, comecei a minha jornada. Toda a experiência adquirida nesses anos, até chegar à categoria Graduado A, renderam muitos frutos. A formação da Equipe CKS foi um deles.

Hoje em dia a equipe conta com 6 pilotos competindo na Granja Viana e na Aldeia da Serra, e vem conquistando, com muito profissionalismo, seu espaço e respeito dentro das maiores competições nacionais. É muito legal receber o reconhecimento por um trabalho feito!

Tenho muito orgulho da minha equipe, que em pouco mais de 4 anos de existência, tem um índice de mais de 90% de aproveitamento.